Mulher morre após fazer algo que a maioria dos brasileiros fazem todos os dias

Mais uma pessoa morreu após fazer algo que muitos fazem todos os dias: falar ao telefone celular enquanto o aparelho está conectado à tomada para carregar a bateria.

Dessa vez, a vítima é uma garota de 18 anos, moradora do vilarejo Kheriakani, Índia. segundo informações do jornal Metro, a bateria do aparelho explodiu quando a jovem identificada como Uma Oram, conversava com um familiar.

Oram teve inúmeros ferimentos pelo corpo, sendo eles, no peito, na perna esquerda e na mão esquerda, ficando inconsciente logo após a explosão. A garota foi levada as pressas para o hospital mais próximo ao vilarejo, mas infelizmente não resistiu.

Segundo a imprensa local, o aparelho seria do modelo Nokia 3310, porém, a fabricante do aparelho, HMD Global, negou veementemente que o celular teria sido produzido por ela, companhia finlandesa que acabou se reestruturando há dois anos, na tentativa de mais competitiva.

Em nota ao Financial Express, a empresa disse que: “O celular em questão não foi manufaturado ou vendido pela HMD Global, a nova casa dos telefones Nokia, criada em 2016 para desenvolver uma nova linha de aparelhos”.

Agora, as autoridades de Odisha investigarão o caso e a principal suspeita é de que o aparelho seja mesmo falsificado.

Está mais que provado que utilizar o celular enquanto ele carrega não é recomendável. Portanto, caso você faça isso, repense seus hábitos e evite um possível acidente.