Se você tem o costume de carregar o celular no bolso, pare imediatamente. Depois de ler isso você nunca mais o colocará lá

Colocar o celular no bolso é muito arriscado, existem riscos até mesmo de desenvolver doenças temidas como o câncer.

Se tem uma coisa que é muito comum, é o fato das pessoas dos dias de home andarem com os celulares dentro do bolso. Essa atitude é simples e corriqueira, porém é necessário tomar alguns cuidados.

Não dá para negar que os aparelhos móveis como celulares e smartphones se tornaram essenciais para o mundo moderno. Entretanto, os médicos da organização Russa “League of Health of the Country” fez um alerta muito importante e deixaram claro o risco que esses dispositivos apresentam para nós seres humanos.

De acordo com os estudos, esses aparelhos podem trazer grandes desvantagens para o sistema reprodutivo, endócrino e nervoso. Quem fez a revelação foi o vice presidente da organização Health League of the Nation”, Nikolai Kononov.

Segundo ele, os riscos estão atrelados aos campos eletromagnéticos que podem causar um efeito biológico na vida das pessoas como: desenvolver o temido processo degenerativo do nosso sistema nervoso. Além disso ele alertou para o risco do desenvolvimento de distúrbios hormonais, leucemia e até mesmo câncer de cérebro.

O estudioso ainda alerta que essas ondas podem ser ainda mais perigosas para mulheres grávidas e recém-nascidos. Por esse motivo ele aconselha que as pessoas diminuam a frequência com a qual usam tais aparelhos.

“Certamente, não proíbem o uso de celulares, mas sim promovem cautela razoável, enquanto setenta por cento da população total recebe radiação eletromagnética de telefones celulares. Abundantes estudos demonstraram que o corpo humano responde a esta radiação e, apesar destas reações não terem sido totalmente estudadas, absolutamente ninguém discute que o uso de telefones celulares requer cautela”, diz Kononov.

Tais informações não deveriam ser ignoradas e pelo seu teor informativo seria legal que você compartilhasse esse artigo com os seus amigos para que eles também possam ter o mesmo conhecimento que você tem agora.