Resumo de “O Outro lado do Paraíso”: Segunda, 19 de fevereiro – Julgamento de Vinícius

Sophia fingiu que iria ajudar Vinicíus, mas mandou Rato enterra-lo vivo nas minas. Depois de ser salvo por Mariano e descobrir que Sophia na verdade planejou matá-lo, ele ficará furioso e promete se vingar da megera.

Gael que chega no momento e vê a confusão fica intrigado, mas é convencido por Rato de que Sophia não tem nada com isso.

Amaro vai até a casa de Estela, e acaba inventando uma desculpa para acabar com o noivado. Estela percebe que ele apenas queria casar-se com ela por causa de sua herança.

Juvenal tenta consolar Estela e fica surpreso com sua reação.

Gael conversa com Sophia e questiona sobre o acidente nas minas, no possível atentado contra a vida de Vinícius.

Patrick já conversou com Laura sobre o possível resultado favorável para Vinicius, e sugere que o julgamento seja adiado.

Lorena continua apoiando o marido, e insiste em dizer que Laura está apenas fantasiando tudo.

Adnéia sugere que Samuel durma no quarto de Suzy.

Jô reclama de Henrique para Adriana e ela garante que não deixará Beth interferir no casamento do pai e ela.

Patrick avisa Clara que Vinicius pode ser absolvido pois não conseguiu provas concretas contra ela.

Começa o julgamento de Vinicius:

Sophia resolve ir no julgamento de Vinicius.

Laura é chamada para depor, e faz revelações emocionantes contando tudo que viveu nas mãos do pedófilo quando era pequena. A mocinha se emociona e chora, deixando todos sensibilizados.

O advogado contratado por Vinicius tenta desqualificar o depoimento de Adriana, por causa das sessões de hipnose.

Bruno avisa que não foi encontrado nada que comprometa Vinicius no computador que foi apreendido na casa do pedófilo.

Patrick consegue finalmente encontrar a antiga funcionária que trabalha na casa de Lorena e cuidava de Laura, que será a testemunha chave.