Raquel transforma Nádia em empregada e a humilha em O Outro Lado do Paraíso

Será olho por olho e dente por dente nos próximos capítulos da atual novela das nove, O Outro Lado do Paraíso. Enquanto Clara (Bianca Bin) pratica sua vingança, Duda (Gloria Pires) e Raquel (Erika Januza) se preparam para fazer o mesmo com seus inimigos.

Dez anos depois de sofrer humilhações como empregada de Nádia (Eliane Giardini), a atual juíza de Palmas receberá alta do hospital e vai para a casa de Bruno, com quem está namorando, e lá, se recuperará do atentado encomendado por Sophia (Marieta Severo).

É aí que ela dá o troco na sogra, fazendo a mulher de empregada. “Entre, Raquel querida. Estou aqui para dar todo o meu apoio”, dirá a mãe de Bruno (Caio Paduan). Encafifada, Raquel perguntará onde ficará e dirá não se importar em se alojar no seu antigo quarto, o de empregada.

“Imagina, aquele é o quarto da senzala. Desculpe, foi maneira de dizer”, falará a dona do salão. A moça então se instala no quarto do namorado e entra Nádia, dizendo: “Trouxe um lanche para você. Ouvi quando disse que se sentia uma princesa. Quem diria, não é? Eu, servindo uma negra do quilombo”.

“O mundo dá voltas. Eu sei que não está feliz, dona Nádia, por ter que me suportar. Mas eu vim porque preciso e porque o Bruno insistiu. Já que estou aqui, vou me cuidar, me recuperar. Ficar boa. A senhora, goste ou não, tem que me engolir”, dispara Raquel.

“Pode me chamar de negra, eu tenho orgulho de ser negra. A senhora é que não devia ter orgulho por ser racista. Já que estou aqui, espero que cozinhe muito bem. Vai me servir”, completa a juíza de Palmas.