Mulher dá detalhes de como irá morrer durante o parto. E ninguém acreditou até tudo começar a acontecer

No dia 30 de maio de 2013, essa mulher foi levada para realizar a sua cesariana dizendo a todos que iria morrer. Stephanie já era mãe de duas meninas quando engravidou de seu terceiro filho.

Ela escreveu cartas de despedida, gravou fitas contando a sua história, e fez postagens públicas explicando a forma que iria morrer para os seus médicos, amigos e família.

Obviamente, ninguém acreditou em sua história, e todos acharam que se tratava de um nervosismo pré-parto.

Chegando na mesa de cirurgia, Stephanie pediu para que a anestesista trouxesse um desfibrilador e bolsas de sangue extra para a sala de operação. A mãe já tinha se despedido das filhas e do marido, pois tinha certeza de que iria morrer.

Quando entrou em trabalho de parto, ela de fato quase morreu. Stephanie teve uma parada cardíaca de 37 segundos, e seus rins começaram a falhar.

Segundo a mulher em sua visão, ela também teria uma experiência fora de seu corpo. Enquanto os médicos tentavam reanimá-la, a paciente observria tudo do lado da cama de operação.

O mais impressionante dessa história, é que Stephanie precisou de 60 unidades de sangue, e foi trazida de volta à vida graças ao desfibrilador. Se não fosse por sua premonição, a mãe das três crianças não estaria mais aqui.

Depois de se recuperar, ela assustou os médicos ao perguntar se eles haviam dito a frase: “Isso não pode estar acontecendo”, durante o seu parto. Eles responderam que sim, porém só em pensamento.

Hoje em dia, Stephanie Arnold vive feliz com a sua família, e escreveu um livro sobre a sua história de vida.