Ninguém diminuirá meus sonhos e nem roubará minha paz…

“Ninguém diminuirá meus sonhos e nem roubará minha paz. Tenho comigo todo o amor que me restaura e transforma. Desde que me reconheci sagrado e tomei consciência do meu valor não permito que tirem o brilho dos meus olhos e nem afrontem a essência que carrego comigo.

carrinho -cheio- de- rosas

Navegarei e não me cansarei, eu sou o próprio recomeço que me faz completo.”
( Vitor Ávila )

Tenho aprendido com o tempo que, por mais amor que as pessoas tenham por nós, elas nunca serão suficientemente capazes e empáticas a ponto de entenderem os nossos silêncios… mas de toda forma, como querer que nos conhecem até do avesso se tantas vezes trancamos as portas que dão entrada para a nossa alma? É preciso ter consciência e perceber que mesmo enquanto a corda quebra, existe um laço maior que nos une: a fragilidade. E, após esse despertar, saberemos que no amanhã mais próximo estaremos mais plenos e no seguinte, mais conhecedores de nós e do mundo também seremos. E é por vivenciar os fracassos que saberemos degustar o sabor da vitória.
Vitor Ávila